O MIDI Merger é um dispositivo capaz de misturar* dois fluxos de dados de MIDI em um só, permitindo enviar para um equipamento MIDI os comandos vindos de dois equipamentos MIDI diferentes, preservando os comandos que vêm de cada um.
Além de misturar os dados de MIDI dos dois equipamentos, o MIDI Merger também possui saídas MIDI Thru, independentes para cada uma das entradas MIDI In, possibilitando assim copiar os dados de cada entrada, separadamente, para outros equipamentos MIDI.

• As entradas IN1 e IN2 recebem os dados de MIDI a serem misturados;
• A saída THRU1 repete os dados que chegam na entrada IN1, e a saída
THRU2 repete os dados que chegam na entrada IN2;
• As duas saídas IN1+IN2 transmitem igualmente os dados misturados
vindos das entradas IN1 e IN2.

(*) “Misturar”, neste caso, não é uma simples soma de sinais eletrônicos, mas um processamento em que os bytes são alocados apropriadamente numa mesma fila, preservando a precedência e sem perder os conteúdos dos comandos de MIDI.

Exceto quando está configurado para filtrar dados (veja Seção 2), o MIDI Merger não efetua qualquer tipo de alteração nos comandos e nos canais de MIDI que chegam em suas entradas IN1 e IN2. Portanto, todas as configurações de canais de MIDI devem ser efetuadas nos respectivos equipamentos de MIDI.

Exemplos de uso do MIDI Merger

Exemplo A: computador + teclado controlador → teclado sintetizador
Um teclado sintetizador recebe comandos vindos de um computador dotado de interface de MIDI e tambem comandos vindos de um teclado controlador MIDI.

Exemplo A

Exemplo B: 2 teclados controladores → computador
O software de um computador dotado de interface de MIDI recebe os comandos de dois teclados controladores MIDI.

Exemplo B

Exemplo C: teclado controlador + pedaleira MIDI → computador
O software de um computador dotado de interface de MIDI recebe os comandos de um teclado controlador e de uma pedaleira MIDI.

Exemplo C

Filtro de comandos

Os dados de MIDI são transferidos a uma taxa de 31.250 bits/seg, mas em geral os equipamentos não transferem os dados continuamente o tempo todo.
Desta forma, quase sempre é possível juntar os dados de dois equipamentos e acomodá-los num mesmo fluxo. Porém se os equipamentos conectados às entradas IN1 e IN2 do MIDI Merger estiverem enviando continuamente grandes volumes de dados, talvez não seja possível misturá-los em tempo hábil.
Para minimizar esse potencial problema, o MIDI Merger oferece dois filtros de dados que, quando ativados, atuam simultaneamente em ambas as entradas IN 1 e IN 2. Esses filtros podem eliminar comandos que não sejam necessários ao funcionamento do sistema, e assim podem reduzir a quantidade de dados a serem misturados, evitando atrasos e engasgos na saída misturada.
Os dados de MIDI que podem ser filtrados pelo MIDI Merger são os seguintes:

  • Comandos de Tempo Real: são usados para sincronizar equipamentos MIDI, e incluem os comandos de Start, Stop, Continue e MIDI Clock. É possível filtrar esses comandos para que não sejam enviados às saídas misturadas “IN1+IN2”, reduzindo assim a quantidade de dados a serem transmitidos. Como esses comandos não são filtrados nas saídas THRU1 e THRU2, você poderá usar essas saídas para sincronizar outros equipamentos, se precisar.
  • Comandos de Aftertouch: são produzidos nos teclados ao se fazer pressão nas teclas. Muitas vezes esses comandos nem são usados pelo músico, mas são gerados involuntariamente pela força do toque. Costumam produzir grande volume de dados, sem serem usados. Também é possível filtrar os comandos de Aftertouch para que não sejam enviados às saídas misturadas “IN1+IN2”, e reduzir a quantidade de dados a serem transmitidos. Esses comandos não são filtrados nas saídas THRU1 e THRU2.

Para configurar os filtros, desligue o MIDI Merger, posicione as chaves adequadamente, conforme indicado na tabela a seguir, e em seguida ligue o MIDI Merger. Ao ligar o MIDI Merger, o LED pisca na cor vermelha indicando se os filtros estão ativados.

Avisos importantes

  • Se estiverem ocorrendo “engasgos” ou notas “travadas”, é possível que o MIDI Merger esteja recebendo uma quantidade excessiva de dados nas entradas MIDI IN, e não esteja sendo possível misturá-los adequadamente dentro de um só fluxo de dados. Experimente usar os filtros de comandos de Tempo Real e de Aftertouch (veja seção 2), ou então reduza a quantidade de comandos vindos dos equipamentos transmissores conectados às entradas MIDI IN.
  • Se for transferir dados de MIDI do tipo SysEx através do MIDI Merger, desligue ou desconecte o equipamento que estiver conectado na outra entrada IN do MIDI Merger. Além deste tipo de dado de MIDI usar uma quantidade muito grande de bytes, eles não podem ser misturados a outros comandos de MIDI, e por causa disso poderá haverá “engasgos” ou perda de dados na saída do MIDI Merger.
  • O MIDI Merger mistura todos os comandos que recebe em ambas as entradas (exceto quando está configurado para filtrar alguns comandos; veja acima). Por isso, se o equipamento “receptor” (conectado a uma das saídas IN1+IN2) tiver que ser sincronizado por um dos equipamentos “transmissores” (conectados às entradas IN1 e IN2), certifique-se de que o outro equipamento “transmissor” não está transmitindo sincronismo, porque se ambos estiverem transmitindo sincronismo estes comandos serão somados e enviados ao “receptor”, que não poderá distingui-los e sincronizará de forma errada.
  • O MIDI Merger só funciona se estiver conectado à fonte de alimentação. Use sempre a fonte de alimentação fornecida com o aparelho (saída 12 Vcc, positivo interno). O uso de outra fonte de alimentação poderá danificar o MIDI Merger.
  • Ao conectar e desconectar cabos ao MIDI Merger, segure-o firme e insira ou retire o plugue com cuidado. Puxe sempre pelo plugue, nunca pelo cabo.
  • Ao mover o MIDI Merger de um lugar para outro, desconecte antes todos os cabos.
  • Não use ou guarde o MIDI Merger em locais sujeitos a umidade, temperaturas extremas, e nem o submeta a vibrações ou choques mecânicos.
  • Não abra nem efetue qualquer modificação interna no MIDI Merger.
  • Quando não estiver usando o MIDI Merger, desconecte a fonte de alimentação da tomada da rede elétrica.

Especificações Técnicas

Conectores
2x MIDI IN (DIN 5 pinos)
2x MIDI THRU (DIN 5 pinos)
2x MIDI OUT (1+2) (DIN 5 pinos)
1x alimentação 9~12 Vcc (J4; positivo interno)
Indicador luminoso
LED piscando em vermelho ao ligar: indica os filtros de comandos que estão ativos
LED amarelo aceso: indica que está conectado à fonte de alimentação
LED piscando em vermelho: indica a recepção de dados de MIDI nas entradas 1 ou 2
Atraso dos dados entre entradas e saídas
Atraso dos dados desde IN1 ou IN2 até IN1+IN2: < 500 μs
Atraso dos dados desde IN1 ou IN2 até THRU1 ou THRU2: < 10 μs
Alimentação elétrica
Fonte de alimentação externa (fornecida); entrada: 100 a 200 Vca; saída: 12 Vcc)
Consumo: 30 mA (em 12 Vcc)
Dimensões (AxLxP)
43 x 153 x 53 mm (sem a fonte de alimentação)
Peso
250 g (sem a fonte de alimentação)

*Especificações sujeitas a alteração sem prévio aviso